Descubra como a Direto
vai agilizar sua vida!

    JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO – GASTOS REDUZIDOS E GESTÃO SOB CONTROLE (PERSONAL CONTROLER DIRETO)

    JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO – GASTOS REDUZIDOS E GESTÃO SOB CONTROLE (PERSONAL CONTROLER DIRETO)

    O Estado de SP 14.4

    Gastos reduzidos e gestão sob controle

    15 de abril de 2013 | 8h02

    Redação

    Guilherme Reitz, fundador do site Axado que compara preços de fretes de transportadoras do Brasil

    Cris Olivette

    Responsáveis por 25% do PIB brasileiro e pela geração de mais de 60% dos empregos do País, as micro e pequenas empresas (MPEs) têm inspirado a criação de uma série de ferramentas que proporcionam eficiência e redução de gastos. São aplicativos, softwares, sites e pacotes de serviços criados sob medida para esse segmento empresarial.

    O dono da Nixus Soluções em Lojas Virtuais, Udlei Nattis, afirma que muitas das 80 lojas de comércio eletrônico que utilizam sua plataforma já estão usufruindo dos benefícios gerados pelo Axado, site que compara preços de fretes de transportadoras de todo o Brasil. “Para quem trabalha com e-commerce, as atualizações das tabelas de transportadoras sempre foram um problemão. Com o Axado, não temos mais essa dor de cabeça.”

    Segundo Nattis, o Axado gera economia e reduz os transtornos na hora de cotar os preços das transportadoras. “Ele tira o custo tanto para o vendedor como para o usuário final.”

    O Axado foi criada por Guilherme Reitz, um empresário de Florianópolis. “Comecei a construir essa solução para resolver um problema que tinha em uma outra empresa minha”, conta. Segundo Reitz, o produto chamou a atenção e um investidor que acabou apostando no negócio, o que fez com que o empresário mudasse de ramo, dedicando-se ao Axado.

    Reitz conta que o público-alvo são os pequenos e médios e-commerce, que dependem dos serviços de transportadoras. “Nós realizamos uma pesquisa que constatou que a diferença de preço pode chegar a mais de 500% sob as mesmas condições e prazos de entrega”, alega.
    Pacote. “A evolução do mercado tecnológico fez surgir a expressão computação na nuvem. Ela quer dizer que os equipamentos não ficam mais no escritório (de uma certa empresa), mas sim num ambiente centralizado (fora dessa empresa)”, diz o CEO da Mandic, Mauricio Cascão.

    Segundo ele, o novo formato produz economia, porque o empresário não precisa mais investir em equipamentos e no gerenciamento e manutenção do servidor. “Antes, ele tinha de comprar tudo, agora ele aluga. Basta contratar um determinado serviço com um custo mensal baseado na demanda de cada empresa. Se consome menos, paga menos. O aluguel do serviço é proporcional ao uso.”
    O CEO afirma que a Mandic embalou a computação em nuvem no formato de assinaturas para facilitar a compreensão dos pequenos e médios empresários. “Assim, eles terão acesso aos serviços básicos num preço que cabe no orçamento de suas empresas.” Cascão afirma que os pacotes da Mandic será lançado até o fim deste mês com custo a partir de R$ 100. Dará direito a dez contas de e-mail, antispam e espaço de backup na nuvem.

    Para quem precisa colocar o negócio no eixo a Direto Contabilidade, Gestão e Consultoria criou a ferramenta Personal Controller Direto, composta por um conjunto de planilhas. Elas geram relatórios que são analisados semanalmente por um consultor. Segundo o diretor da Direto, Silvinei Toffanin, com a ferramenta é possível medir a eficiência do negócio, mensurar a evolução da receita, otimizar os gastos e cortar os custos que não são estratégicos para o negócio.

    “As empresas pequenas não têm uma estrutura administrativa e financeira profissional e fazem um controle caseiro. É aí que surgem os problemas. Com essa ferramenta, nós profissionalizamos a gestão.” Toffanin afirma que esse trabalho deve durar pelo menos um ano, para que seja possível avaliar os períodos de sazonalidade, para que o proprietário entenda a importância de fazer a leitura dos relatórios e adquira essa cultura.

    Responsável pela administração da empresa familiar Casa Giácomo de Ferragens, que está no mercado há 40 anos, Fernanda Vicentin diz que depois de adotar o Direto Personal passou a ter controle muito mais rigoroso dos números da empresa. “Conseguimos fazer uma análise mais apurada do negócio para tomar decisões de investimento, de redução de custo e de adequação de mercado.”
    Aplicativo.

    O presidente da Yupee Tecnologia, Fábio Mainard, conta que a empresa criou o gerenciador financeiro Yupee para que empresários façam seu controle financeiro de forma mais eficiente do que com uma planilha de gastos.

    “A ferramenta é grátis e oferece agenda financeira com fluxo de caixa, metas mensais, extratos bancários, investimentos, relatórios e muito mais. ” Mainard afirma que até o final do ano os empreendedores não precisarão mais perder tempo indo até o banco, porque a empresa lançará o Yupay, que permitirá o pagamento de boletos diretamente pela internet.

    Outra ferramenta criada em Florianópolis também voltada para o gerenciamento financeiro dos PMEs é o portal NexxCity. “Ele foi pensado para evitar que pequenas empresas quebrem por falta de gerenciamento financeiro”, diz o presidente do Grupo Nexxera, Edson Silva.

    Ele afirma que muitos micro e pequenos empreendedores não utilizam serviços online para o gerenciamento financeiro, pagamentos e emissão de nota eletrônica em função dos custos da implementação do sistema. “Investimos R$ 1 milhão para criar o primeiro portal do País que oferece este tipo de serviço a um custo a partir de R$ 30.”

    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Outros artigos que podem te interessar

    O que a contabilidade pode fazer pelas pequenas empresas?

    Uma pequena empresa enfrenta diversas dificuldades no mercado, não é mesmo?Além de enfrentar a concorrência de organizações maiores, ela deve ter total controle de sua gestão para se manter saudável financeira e economicamente. Você já pensou que a contabilidade pode se tornar uma vantagem competitiva se você souber utilizá-la a seu favor? Isso mesmo, além

    REFORMA TRIBUTÁRIA e seus impactos nos Planejamentos Sucessórios

    O que é Reforma Tributária? Reforma tributária é a proposta do Governo Federal para simplificar o sistema tributário brasileiro extinguir tributos como o PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS por um Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS).  A reforma busca modernizar a arrecadação de tributos e impostos para favorecer a competitividade das empresas. O

    Outros artigos que podem te interessar

    Assine nossa Newsletter

    Gostaria de saber mais sobre o assunto?