Descubra como a Direto
vai agilizar sua vida!

    IRPF 2021: Receita Federal disponibiliza consulta ao 3.º lote de restituição do Imposto de Renda

    IRPF 2021: Receita Federal disponibiliza consulta ao 3.º lote de restituição do Imposto de Renda

    Este lote será o maior da história em questão de número de contribuintes


    A Receita Federal informou que, partir das 10 horas desta sexta-feira (23), irá disponibilizar a consulta do terceiro lote de restituição do IRPF 2021.

    O crédito bancário, no valor total de RS 5,8 bilhões, será pago para 5.068.229 contribuintes no dia 30 de julho. 

    Desse total, R$ 354.326.718,95 referem-se ao quantitativo de contribuintes com prioridade legal, sendo 13.985 contribuintes idosos acima de 80 anos, 95.298 contribuintes entre 60 e 79 anos, 8.987 contribuintes com alguma deficiência física ou mental, ou moléstia grave e 36.616 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

    Também foram contemplados 4.913.343 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 18 de maio de 2021.

    Como consultar restituição

    Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. 

    A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. 

    Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

    A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

    Pagamento 3º lote imposto de renda

    O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda.  

    Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. 

    Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

    Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

    Calendário

    Confira o calendário completo de pagamento das restituições do IR 2021:

    • 1º lote: 31 de maio (já pago);
    • 2º lote: 30 de junho (já pago);
    • 3º lote: 30 de julho;
    • 4º lote: 31 de agosto;
    • 5º lote: 30 de setembro.

    Fonte: Contábeis

    Ainda com dúvidas?

    Clique aqui, deixe seu e-mail e sua dúvida que entraremos em contato!

    Por Equipe de Marketing Direto Contabilidade

    atualidades | irpf2021 | noticias
    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Outros artigos que podem te interessar

    O que a contabilidade pode fazer pelas pequenas empresas?

    Uma pequena empresa enfrenta diversas dificuldades no mercado, não é mesmo?Além de enfrentar a concorrência de organizações maiores, ela deve ter total controle de sua gestão para se manter saudável financeira e economicamente. Você já pensou que a contabilidade pode se tornar uma vantagem competitiva se você souber utilizá-la a seu favor? Isso mesmo, além

    REFORMA TRIBUTÁRIA e seus impactos nos Planejamentos Sucessórios

    O que é Reforma Tributária? Reforma tributária é a proposta do Governo Federal para simplificar o sistema tributário brasileiro extinguir tributos como o PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS por um Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS).  A reforma busca modernizar a arrecadação de tributos e impostos para favorecer a competitividade das empresas. O

    Outros artigos que podem te interessar

    Assine nossa Newsletter

    Gostaria de saber mais sobre o assunto?