DIÁRIO DE SÃO PAULO – PROGRAMA DO IR 2013 IMPORTARÁ DADOS DE 2012

Fale com um especialista agora gratuitamente!
Nesse artigo você vai ver:

Programa do IR 2013 importará dados de 2012

http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/44675/Programa+do+IR+2013+importara+dados+de+2012

Programa deve ser liberado até o final deste mês. Prazo da declaração vai de 1 de março a 30 de abril

CAROL ROCHA
carol.rocha@diariosp.com.br

A Receita Federal publicou nesta terça-feira as regras do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) de 2013, relativo ao ano de 2012. Para facilitar a vida dos contribuintes, neste ano o programa passa a perguntar à pessoa física se ela quer importar os dados sobre pagamentos efetuados no ano anterior como planos de saúde ou escolas, por exemplo. Os valores pagos, no entanto, não serão importados, pois variam de ano para ano.

“Todo ano, o contribuinte tem o mesmo plano de saúde, a mesma escola e o mesmo médico. Assim, fica mais fácil preencher a declaração”, disse Joaquim Adir, supervisor nacional do programa do IR.

O programa deve ser liberado no site no dia 25 deste mês. Precisa declarar  quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 24.556,65, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40 mil e quem investiu em ações ou tinha bens acima de R$ 300 mil.

O prazo para entrega vai de 1 de março a 30 de abril. A declaração poderá ser entregue pela internet ou em disquete nas agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. A Receita estima receber mais de 26 milhões de declarações — 1 milhão a mais do que em 2012.

Recebem no primeiro lote os idosos acima de 60 anos e os portadores de doenças graves. Em seguida, os contribuintes que entregaram a declaração primeiro via internet.

Declaração/ O contribuinte pode escolher declarar pelo modelo simplificado (indicado para quem tem poucas despesas dedutíveis) ou pelo completo. A dica dos especialistas é preencher a declaração no modelo completo porque, no final, o próprio sistema da Receita informa qual dará uma restituição maior. Quem preenche no simplificado não vê essa opção.

Em 2014, Receita vai preencher declaração
Este deverá ser o último ano de apresentação da declaração do IRPF no modelo simplificado. Em 2014, a Receita Federal dará uma mãozinha para facilitar a vida dos contribuintes e a declaração de quem tem apenas uma fonte de renda será preenchida pelo órgão. O próprio Fisco vai fazer as contas pela pessoa.

“A Receita já tem um cruzamento das informações do contribuinte, mas hoje ela espera ele informar os rendimentos, por meio da declaração, para depois cruzar esses dados. No ano que vem, isso será automático, mas o contribuinte poderá corrigir essas informações e, se for o caso, optar pelo modelo de declaração completo”, explica Luiz Fernando Nóbrega, presidente do CRC-SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo).

Para o diretor da Direto Contabilidade,  Silvinei Cordeiro Toffanin, a novidade é um  avanço da Receita, mas ele faz um alerta. “O contribuinte tem de se atentar ao confirmar as informações trazidas pelo sistema, além de fazer a análise da variação patrimonial e pagamentos de despesas médicas, a fim de evitar cair na malha fina por inconsistência  de informações”, diz.

Compartilhe nas redes:

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Artigo - Direto Group - Contabilidade em São Paulo - SP

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Tem Clínica Em São Paulo E Está Com As Finanças Bagunçadas. Descubra Como Se Organizar! - Direto Group

Como organizar as finanças para clínicas médicas em São Paulo

Tem clínica em São Paulo e está com as finanças bagunçadas? Descubra como se organizar! Melhore a gestão financeira da sua clínica em São Paulo com dicas práticas. Controle custos, aumente a lucratividade e garanta o sucesso do seu negócio Organizar as finanças de uma clínica médica em São Paulo

Cinco Exemplos De Holdings Familiares Bem Sucedidas E O Que Você Pode Aprender Com Elas. (1) - Direto Group

Descubra como holdings familiares de sucesso podem revolucionar seu Family Office!

Exemplos de holdings familiares bem-sucedidas e o que você pode aprender com elas. Descubra como as holdings familiares bem-sucedidas podem inspirar estratégias para potencializar o seu Family Office! As holdings familiares são estruturas empresariais que desempenham um papel crucial na gestão e proteção do patrimônio de grandes famílias.  No contexto

Os Primeiros Passos Para Criar Uma Holding Familiar. Um Guia Para Não Cometer Erros. (2) - Direto Group

Os segredos da holding familiar para o público Family Office

Os primeiros passos para criar uma holding familiar: um guia para não cometer erros. Descubra o guia completo para criar sua holding familiar sem cometer erros, especialmente para o público Family Office. A criação de uma holding familiar é uma estratégia fundamental para famílias que desejam gerir e proteger seu

Como Aliviar Os Impostos. Itbi E Itcmd Abrindo Uma Holding - Direto Group

Como uma Holding Pode Diminuir Custos com ITBI e ITCMD?

Como aliviar os impostos: ITBI e ITCMD abrindo uma Holding?  Saiba mais sobre o papel das Holdings Familiares na redução de ITBI e ITCMD e como isso pode beneficiar seu planejamento financeiro. O Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD)

Gestão De Investimentos Em Family Office. Porque é Tão Importante (1) - Direto Group

A importância da Gestão de Investimentos em Family Office

Gestão de investimentos em Family Office: Porque é tão importante? Descubra como a Gestão de Investimentos pode garantir a segurança e crescimento do seu patrimônio A gestão de investimentos é uma pedra angular na operação de um Family Office, responsável não só pela prosperidade econômica imediata, mas também pelo legado

Recomendado só para você!
Economia IMPOSTO DE RENDA Estrangeiros também declaram 28/02/2013 02:09 -…
Cresta Posts Box by CP