Descubra como a Direto
vai agilizar sua vida!

    Os 5 pilares para ter uma boa gestão de pessoas.

    Os 5 pilares para ter uma boa gestão de pessoas.

    Foi-se o tempo em que as pessoas eram vistas como simples engrenagens que poderiam ser substituídas dentro de uma empresa, cada vez mais as empresas encaram seus colaboradores como fatores de extrema importância para o sucesso.

    Nesse contexto, a gestão de pessoas e dos recursos humanos acabou ganhando bastante força nos últimos tempos. 

    Hoje em dia, administrar os recursos humanos e potencializar o desempenho de quem faz parte de uma empresa, virou um grande diferencial competitivo.

    Por isso, fazer a gestão de recursos humanos não se trata apenas de procurar deixar seus colaboradores satisfeitos e motivados. Mas de criar uma estratégia completa, que envolve toda a organização em busca do desenvolvimento, capacitação e humanização de quem faz parte dela.

    Para que toda visão de sua empresa funcione, o capital humano deve estar alinhado e empenhado para exercer sua função dentro dos processos, e com isso, os gestores devem saber utilizar seus colaboradores como peças fundamentais, não importa seu nível dentro da empresa.

    Para que isso ocorra de forma correta é importante ter conhecimento dos principais pilares para ter uma gestão eficiente, e foi pensando nisso que nós separamos tudo que você precisa saber. 

    Conheça os pilares 

    • 1° Comunicação

    Uma boa comunicação é essencial, não só entre gestores e funcionários ou entre colaboradores do mesmo setor, mas uma comunicação integrada, que faça com que a informação sempre esteja disponível quando for necessária. 

    Os administradores devem incentivar o diálogo, quebrando as barreiras hierárquicas e trabalhando em conjunto com todo o time, para assim atingir um objetivo comum.

    Ferramentas de comunicação interna são fundamentais para manter colaboradores informados sobre a empresa e para integrar todos os setores corporativos. 

    A comunicação direta também é extremamente importante, para manter todas as equipes em contato imediato e também evitar quebras na comunicação e ocasionar falhas por mera falta de diálogo. 

    Dentro de uma organização, todas as respostas precisam ser rápidas, pois o tempo perdido com uma informação circulando, sem que atinja os colaboradores necessários, pode fazer com que a empresa perca dinheiro. A prática da comunicação instantânea agiliza os resultados e evita empecilhos.

    • 2° Motivação

    Qualquer organização depende do comprometimento dos indivíduos que para ela trabalham. Se um colaborador estiver desmotivado, ele renderá menos do que é capaz e estará pronto para sair quando surgir a primeira oportunidade, e não é isso o que as empresas buscam. Pensando na organização como um todo, o mais importante é entender o que motiva uma pessoa a desempenhar sua função. Podem ser incentivos financeiros, o propósito da empresa em si, o desafio proporcionado a quem participa delas, um plano de cargos e salários consistente, enfim, existem uma série fatores que podem motivar os colaboradores e cada pessoa reage de maneira diferente a cada um deles.

    Nesse aspecto, pensando na organização como um todo, é fundamental entender o que motiva cada profissional a fazer parte dela. 

    • 3° Treinamento e desenvolvimento

    O profissional que não se atualiza acaba ficando para trás. Por isso, a empresa precisa estimular a busca pelo desenvolvimento constante. Isso pode ocorrer por meio de treinamentos, cursos, palestras e outros mais.

    Um simples questionário pode identificar os pontos que necessitam de melhoria, bem como aqueles que os profissionais desejam aprender ou se aperfeiçoar. 

    Cursos de curta duração, por exemplo, conseguem transmitir informações atualizadas em um espaço de tempo menor.

    À medida que os colaboradores vão crescendo profissionalmente, eles passam a entender que a empresa em que trabalham faz uma gestão eficiente em suas carreiras, valorizando-os e incentivando-os a crescer.

    O mais importante é atingir um ponto de equilíbrio em que a empresa e o profissional estejam satisfeitos com o resultado da troca. 

    Dessa forma, todos ganham e têm a oportunidade de crescerem juntos, em uma parceria que tem tudo para dar certo.

    • 4° Trabalho em equipe

    A empresa trabalha com um objetivo comum para todos, por isso não faz sentido cada setor ou cada equipe ter os seus próprios objetivos se eles não possuem ligação com os demais. Só observando a importância do que todos estão realizando é que os funcionários sentem-se relevantes dentro de um ambiente organizacional.

    O trabalho em equipe é essencial para que todos se sintam relevantes dentro do ambiente organizacional, dessa forma, faz-se necessário criar trabalhos com início, meio e fim, para que eles tenham objetivos estabelecidos, e isso deve ser comunicado a todos. 

    Para verificar o desenvolvimento, o acompanhamento e o compartilhamento das tarefas deve estar disponível para todos, promovendo a gestão ideal. 

    Para manter um clima agradável na equipe, incentivando a colaboração entre todos, deve-se estimular momentos de interação dentro e fora da empresa,  as pessoas passam a se conhecer melhor e com isso, o serviço é feito com mais qualidade, apresentando resultados mais satisfatórios. 

    • 5° Conhecimento e competência

    Toda organização precisa fazer um planejamento para criar um ambiente em que todos possam crescer juntos, isso deve ser feito desde o processo seletivo, em que os profissionais mais capacitados são selecionados. 

    São eles que ajudarão a empresa a construir uma cultura de valores fortes e motivadores, pois se os funcionários não possuem conhecimento e competência para desenvolverem o negócio, não será possível alcançar os resultados esperados.

    Cercar-se de grandes profissionais torna uma empresa mais competitiva e valoriza extremamente todo o capital humano, criando uma equipe extremamente qualificada para lidar com as dificuldades e concorrência do mercado.

    Considerações finais

    Por melhor que seja sua equipe, entender, analisar como os colaboradores estão exercendo suas atividades é fundamental para fazer uma gestão de pessoas eficiente, alem de obter bons resultados, e poder contar com a ajuda de profissionais qualificados e especializados faz toda diferença nesse processo.

    Caso você tenha ficado com alguma dúvida, você pode consultar uma empresa como a DIRETO Contabilidade, Gestão e Consultoria.

    Mas, se você quer saber ainda mais sobre esse tema, mande um e-mail para: [email protected]

    Que tanto eu, quanto outras pessoas da Direto, estaremos à disposição para bater um papo com você!

    Por Ana Clara, departamento de Marketing do Grupo DIRETO.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Outros artigos que podem te interessar

    O que a contabilidade pode fazer pelas pequenas empresas?

    Uma pequena empresa enfrenta diversas dificuldades no mercado, não é mesmo?Além de enfrentar a concorrência de organizações maiores, ela deve ter total controle de sua gestão para se manter saudável financeira e economicamente. Você já pensou que a contabilidade pode se tornar uma vantagem competitiva se você souber utilizá-la a seu favor? Isso mesmo, além

    REFORMA TRIBUTÁRIA e seus impactos nos Planejamentos Sucessórios

    O que é Reforma Tributária? Reforma tributária é a proposta do Governo Federal para simplificar o sistema tributário brasileiro extinguir tributos como o PIS, Cofins, IPI, ICMS e ISS por um Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS).  A reforma busca modernizar a arrecadação de tributos e impostos para favorecer a competitividade das empresas. O

    Outros artigos que podem te interessar

    Assine nossa Newsletter

    Gostaria de saber mais sobre o assunto?