CUIDADO: Abrir uma empresa não é tão simples assim

Fale com um especialista agora gratuitamente!
Nesse artigo você vai ver:

Se você está pensando em abrir um empresa, possivelmente deve estar sendo bombardeado por inúmeras informações de como dar o primeiro passo, ao ponto de ficar perdido, não é mesmo?

Entretanto o que muitos não contam é que não é tão simples quanto parece, na grande maioria das vezes, os novos empreendedores acabam cometendo erros graves na abertura do seu negócio.

Preocupados com isso, nós iremos te ajudar a entender como abrir uma empresa da maneira correta, de acordo com seus objetivos e também lhe alertar para que não tenha problemas no futuro.

 

QUAIS SÃO AS OPÇÕES DE TRIBUTAÇÃO

Antes de abrir uma empresa, é indispensável avaliar qual a melhor opção tributária para o tipo de segmento que você deseja trabalhar.

Você sabia que em muitos casos os empreendedores pagam mais impostos do que deveriam por estarem no regime tributário errado?

 

Para escolher o enquadramento tributário ideal, antes de mais nada, é preciso fazer um planejamento tributário , assim conseguirá enxergar qual o regime com menor carga tributária, evitando um impacto maior na receita da empresa

 

O QUE É UM REGIME TRIBUTÁRIO?

Para começar: o regime tributário são todas as leis que regem e indicam todos os tributos que devem ser pagos de acordo com o segmento da sua empresa.

Existem três principais regimes tributários, confira abaixo:

 

SIMPLES NACIONAL

O simples nacional é um dos regimes que unifica e traz consigo menos procedimentos fiscais e na grande maioria das vezes facilita a vida do gestor.

Uma das exigências do simples nacional, é referente ao faturamento que não pode ultrapassar o valor de R$ 4,8 milhões em um período de 12 meses. Este regime também veda alguns tipos de atividades, verifique se a sua pode optar pelo mesmo.

LUCRO PRESUMIDO

Esse regime tributário é mais utilizado por médicos, dentistas, economistas. Nesse caso o empreendedor para se enquadrar no lucro presumido é preciso estimar a taxa de lucro que espera obter, pagando os impostos de acordo com o percentual.

LUCRO REAL

Neste regime a empresa paga os impostos em cima do Lucro Contábil, com alíquotas diferenciadas e pode ser muito vantajoso quando a margem de lucro não é muito alta.

 

PROJEÇÃO DE FATURAMENTO

Agora que você já sabe que antes de abrir uma empresa, é preciso fazer um planejamento tributário e escolher o regime ideal de acordo com seus objetivos, agora é o momento de identificar sua previsão de faturamento.

Uma projeção de faturamento junto ao fluxo de caixa eficiente são indicadores chaves que juntos geram insights para uma tomada de decisão eficiente. Principalmente porque a previsão financeira permite uma visão antecipada e real do seu negócio, contribui na gestão, na produtividade e também na redução de custos financeiros.

Para dar os primeiros passos selecionamos 3 dicas fundamentais para realizar a previsão de faturamento, são elas:

  1. Procure se basear na projeção do fluxo de caixa
  2. Não seja otimista
  3. Estime o valor em caixa uma vez por mês, incluindo retiradas, despesas fixas e obrigações fiscais.

 

É importante lembrar que as suas metas devem ser desafiadores mas, não impossíveis. Com muita organização e disciplina os resultados serão grandiosos para seu negócio.

 

ANÁLISE DO QUADRO SOCIETÁRIO

Pensar em um quadro societário é mais uma tarefa importante que deve ser levada em consideração antes de finalizar a abertura do seu negócio.

Até porque, é uma ferramenta bastante eficiente para determinar qual é o percentual dos direitos e obrigações de cada sócio,e também contribui na escolha ideal do regime tributário.

Lembre-se que a divisão pode ser realizada através do valor do investido, dos
esforços de mão de obra, e outras ações que indicarão a participação dos lucros e dos prejuízos também.

 

 

Agora que você leu todo o artigo, entendeu que abrir um negócio não é tão simples como muitos dizem por aí.

Vamos lembrar que os primeiros passos para abrir uma empresa, inicia-se através de um planejamento tributário para escolha do regime, de uma previsão de faturamento e também do conhecimento sobre o quadro societário.

Esses são alguns dos passos fundamentais que devem ser levados em consideração antes de realizar o sonho de ter o próprio negócio.

Se você quer saber ainda mais sobre como abrir uma empresa, mande um e-mail para: vitoria@diretocontabilidade.com.br. Que tanto eu, quanto nossos profissionais, estaremos à disposição para bater um papo com você!

Compartilhe nas redes:

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Artigo - Direto Group - Contabilidade em São Paulo - SP

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Os Primeiros Passos Para Criar Uma Holding Familiar. Um Guia Para Não Cometer Erros. (2) - Direto Group

Os segredos da holding familiar para o público Family Office

Os primeiros passos para criar uma holding familiar: um guia para não cometer erros. Descubra o guia completo para criar sua holding familiar sem cometer erros, especialmente para o público Family Office. A criação de uma holding familiar é uma estratégia fundamental para famílias que desejam gerir e proteger seu

Como Aliviar Os Impostos. Itbi E Itcmd Abrindo Uma Holding - Direto Group

Como uma Holding Pode Diminuir Custos com ITBI e ITCMD?

Como aliviar os impostos: ITBI e ITCMD abrindo uma Holding?  Saiba mais sobre o papel das Holdings Familiares na redução de ITBI e ITCMD e como isso pode beneficiar seu planejamento financeiro. O Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD)

Gestão De Investimentos Em Family Office. Porque é Tão Importante (1) - Direto Group

A importância da Gestão de Investimentos em Family Office

Gestão de investimentos em Family Office: Porque é tão importante? Descubra como a Gestão de Investimentos pode garantir a segurança e crescimento do seu patrimônio A gestão de investimentos é uma pedra angular na operação de um Family Office, responsável não só pela prosperidade econômica imediata, mas também pelo legado

Planejamento tributário para Family Office: Faça corretamente!

Planejamento tributário para Family Office, você sabe como fazer corretamente?  Então, fique tranquilo! Elaboramos este artigo para que você tire suas dúvidas de como funciona este tipo de planejamento tributário e tudo o que envolve sua estrutura!  O planejamento tributário é uma atividade que tem por objetivo diminuir a carga

BPO Financeiro para Family Office: principais vantagens

BPO Financeiro para Family Office: o que é e principais vantagens Confira as principais vantagens do BPO Financeiro para Family Office. O BPO Financeiro é uma solução que permite terceirizar as atividades financeiras de uma empresa.  Essa prática pode trazer diversos benefícios para os Family Offices, sendo empresas que gerenciam

Recomendado só para você!
Abrir e manter uma empresa no Brasil não é uma…
Cresta Posts Box by CP